Blog de comunicación del Escolasticado Latinoamericano Sacramentino

Se ha producido un error en este gadget.

jueves, 4 de noviembre de 2010

URGENTE SE FAZ

“Há milhões em agonia, sem qualquer consolo, sem qualquer alento.
Urgente se faz afagar a vida ferida como está.
Cantar alguma canção, cantiga simples de consolar e refazer
a chama que no peito do povo tem sede de gás.
Cantar pro vento levar, pra noite guardar,
pra ninar o sono e acordar o sonho.
Urgente se faz afagar a vida ferida como está.
Convocar os poetas do pão e das cores,
da palavra nova e das canções de rebeldia.
Todos em assembléia permanente,
até destrancar a porta e deixar escancarada a saída
que, numa noite qualquer, encontramos fechada.
Deixe passar toda fúria e toda ira reprimida...
Deixe sair e escorrer toda lágrima
que no ódio das derrotas impostas engolimos.
Urgente se faz afagar a vida ferida como está.
Chamar quem se escondeu, lembrar a quem esqueceu
e, até dar uma nova chance a mais a quem negou.
Só aos traidores será negado ver a síntese acontecer, a vida reviver...
Urgente se faz”.

Zé Vicente

No hay comentarios:

Publicar un comentario